• Tactus

Fisioterapia pélvica e a terapia sexual na saúde do homem

O câncer de próstata, quando detectado precocemente, tem grandes chances de cura! Após a cirurgia de retirada da próstata, sintomas como incontinência urinária (perda de urina de forma involuntária) são muito frequentes e a Fisioterapia pélvica é o tratamento mais indicado tendo grandes chances de recuperação total. Alguns homens apresentam também, queixas de disfunção erétil (perda da ereção efetiva), a fisioterapia pélvica aliada à terapia sexual, trazem novos horizontes e um melhor equilíbrio na vida desse homem, entregando muito mais qualidade de vida e saúde sexual! A próstata é uma glândula relativamente pequena que se localiza na base da bexiga e envolve o canal da uretra masculina, tem por função produzir parte do esperma. Por volta dos 40 anos de idade, em cerca de 90% dos homens adultos, a próstata inicia um crescimento benigno chamada hiperplasia, que gera transtornos ao urinar. Já a partir dos 50, associado ou não à hiperplasia, existe a possibilidade do câncer de próstata, sendo este o tumor mais frequente no homem brasileiro.


A Incontinência Urinária tem sido uma das queixas mais frequentes por pacientes prostatectomizados, acompanhada da disfunção erétil. Estes transtornos geram grande impacto na qualidade de vida dos pacientes trazendo consigo sentimentos de desânimo, depressão e exclusão social, necessitando de tratamento.


Na Tactus você pode começar o seu tratamento com profissional apto para atuar tanto na Incontinência Urinária quanto na Disfunção Erétil, resgatando a funcionalidade do assoalho pélvico através de técnicas e aparelhos específicos como a eletroestimulação, biofeedback, cinesioterapia e terapia comportamental.


Agenda a sua avaliação!


0 visualização

© CLÍNICA TACTUS